rss
email
twitter
facebook

sexta-feira, 23 de abril de 2010

# Camila

Camila partiu levando com ela somente o coração partido e umas tantas recordações que preferia ter apagado. Quando chegou ao novo local, estranhou tudo quanto lá havia. Sentiu-se perdida, deslocada. Mas gostou do que viu. Em breve, divertir-se-ia com nomes e sítios a desvendar. Em breve, aprenderia a amar aqueles encontros que antes lhe sabiam a novidade, a incerteza.
Foi trocando palavras aqui e ali, na esperança de encontrar alguém que partilhasse os seus receios e dúvidas, mas que também soubesse aproveitar as alegrias da forma que ela o fazia. E encontrou. 
No entanto, depressa se apercebeu de que isso não lhe bastaria. Havia um outro mundo, para além do porto seguro que encontrara ao lado dos seus. E lá não havia certezas.

2 comentários:

aquelacoisaminha disse...

Em lugar algum Camila encontrará certezas ... a vida é feita de mudanças ... Mais Camila deve ter a vida que eu sonhava.

smiling sorrow disse...

Este post lembra-me a minha chegada a uma escola nova, quando decidi ingressar no Secundário e me vi obrigada a largar a minha antiga escola, cheia de amigos e uma vida intensa cheia de peripécias, que me tinha tornado na pessoa que era naquele momento.

Enviar um comentário