rss
email
twitter
facebook

sábado, 22 de maio de 2010

'Desvaneceste'

Não foste a tempestade que esperava. foste apenas o anunciar do mudar da maré. Foste ansiedade e sobressalto e saudade e muito orgulho. Foste um sorriso que por momentos adorei, que durante dias me deixou o coração acelerado e o pensamento inquieto. Mas não foste amor, nem sequer um pequeno amor. Pois tão depressa chegaste como partiste. Quase nem te senti em mim. Ficou apenas a curiosidade, um qualquer desejo ardente de saber como seria se a paixão vingasse. Já nem sei se foste tu ou se fui eu que precisei de um porto seguro. Não sei. Só sei que me agradou por momentos, talvez por constantemente a solidão me lembrar de que preciso algo a que possa chamar meu. Ou quiçá, por outro motivo qualquer. Foi bom enquanto durou.


Carolina


em 13/05

2 comentários:

Luisa Corte Real disse...

Amei o texto, lindas palavras!
O amor só é bom enquanto dura e o prazo de validade é muito curto!

Beijocassss

smiling sorrow disse...

"O amor só é bom enquanto dura e o prazo de validade é muito curto!"

Que mentira, Luisa. Então dizes que verdadeiro amor não dura?

Enviar um comentário