rss
email
twitter
facebook

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Inês # Já não te (me) sinto


Como o calor e o tempo o exigiu fui à praia. Acabei por ir até mais que uma vez...

Quando dei com o sabor a mar frio e salgado, parecia provar do meu coração.

Alguma coisa mudou realmente... Na primeira ida à praia a uns kms de Campolide, senti-te no vento, no ar. Na maresia, no mar. Não me senti bem, mas confortável num sítio por onde já passámos e discutimos também. Onde nos desencontrámos em tempos diferentes. Já na segunda vez em que fui, quando tentei procurar-te na água (ao não te encontrar no vento, no calor, na areia...), não te senti na água comigo. Não estavas lá e não percebi porquê. Não percebo. Voltei no dia seguinte, depois do trabalho - não estavas lá.

Que fiz eu? A culpa é minha? Por que é que já não te sinto comigo? Quero voltar ao nosso sofá, quero ter-te apoiado em mim, com a cabeça no meu colo, quero despentear o teu cabelo... Que fiz eu? A não ser procurar-te quando (sempre) te queria, estar perto tanto tempo quanto me era permitido. Que fiz eu, que fiz eu?

Amor, meu amor, estou a pedir-te. Achava que aguentava as saudades... Volta para casa.


Inês.

1 comentários:

ALF disse...

o teu blog faz me chorar.... hoje nao consegui ler mais... fiquei triste.... tem muito impacto... e escrito com muito amor...

Enviar um comentário